# 32

Tinha nome de matemático grego e era a confusão em pessoa.

 

Quando jovem, parece que foi segurança de alguns políticos, mas não é certo que tenha sido assim.

 

Vivido e viajado, parece que passou alguns anos nos países escandinavos, mas também pode não ter sido exactamente assim.

 

Vivido e viajado, teve muitas namoradas e a certa altura apanhou uma doença venérea, tendo estado internado algures na Suécia, mas também pode não ter sido assim.

 

Nesse hospital, muito avançado para a época, serviu de cobaia para um novo medicamento no tratamento das doenças venéreas. Foi graças a esse medicamento que ficou assim, confuso. Ou talvez não.

 

Cada vez mais desconfiado, comprou um apartamento sem dizer nada à sua mulher, não fosse ela querer envenená-lo e ele ter que se refugiar num local seguro. Ou não.

 

Cada vez mais confuso, trazia, no outro dia, cinco embalagens de cinco genéricos do ramipril, de cinco laboratórios diferentes.

 

Garantiu-me que não estava a tomar todos ao mesmo tempo.

 

Ou estaria?

publicado por artur às 19:23 | link do post | comentar