# 53

Foi desde que a minha mãe soprou naquele fumo que ficou assim.

 

Desde que soprou num fumo? indaguei.

 

Sim... - disse a filha - eu sei que o doutor não acredita nestas coisas, mas a minha mãe gosta de queimar uns fumos lá em casa.

 

Para tirar cheiros? perguntei.

 

Qual! 

 

Para afastar os maus espíritos, as almas penadas.

 

Uma pequena que eu conheço - prosseguiu a filha - deu-nos umas ervas especiais para afugentar os espíritos e a minha mãe foi queimá-las lá em casa e soprou no fumo. Foi depois disso que ficou com o coração assim, aos saltos...

 

Auscultei a mãe.

 

Tinha, de certeza, uma fibrilhação auricular.

 

Malditas almas penadas!

publicado por artur às 18:50 | link do post | comentar